Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Alma Lusitana - Mistura Fina

  • Data:

Projeto Mistura Fina está de volta no dia 30 de junho com a sua diversificada programação musical, agora, presencialmente, no Theatro São Pedro.

Depois de passar um período sendo realizado em formato virtual - de abril de 2020 a agosto de 2021 – o projeto Mistura Fina está de volta, agora, de forma presencial, no Foyer do Theatro São Pedro, apresentando a diversidade da produção musical brasileira. Para marcar a reabertura do projeto, uma homenagem à alma portuguesa, personificada pelo grupo Alma Lusitana e pelo ator Jairo Klein interpretando seu icônico personagem, Fernando Pessoa. A apresentação realiza-se na próxima quinta-feira, dia 30 de junho, às 18h30min, com entrada franca.

“Resistimos e, graças a Secretaria de Estado da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura e à Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás), chegamos em 2022 com a quarta edição do projeto, garantindo o encontro entre a arte e o público, motor principal do Mistura Fina”, afirma Letícia Vieira, produtora do projeto.

O projeto, este ano, conta com 30 apresentações, com uma linha curatorial ainda mais diversa, trazendo Arthur de Faria e Nanni Rios à frente da curadoria. Somando, uma forte parceira do projeto, a OVNI Acessibilidade Universal, que presta serviço desde a primeira edição e estará junto, com audiodescrição em todos os dias do evento.

Com produção e realização da Primeira Fila Produções e correalização do Theatro São Pedro, apoio da OVNI Acessibilidade Universal, assessoria de imprensa da Silvia Abreu, financiamento do Pró-Cultura RS e patrocínio da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás), o Mistura Fina está de volta, exibindo a pluralidade da produção musical que se destaca no cenário local e estadual do País. Iniciado em 2018, o projeto abrigou grandes expressões da música, em shows temperados com arte e alta performance artística que se exibiram no Foyer Nobre do Theatro São Pedro.

ENTRADA FRANCA

A atração

O grupo Alma Lusitana iniciou suas atividades em 2005, é o único grupo de fado do Sul do Brasil, formado por quatro músicos: Jéferson Luz toca a guitarra portuguesa, instrumento característico do fado. Jéferson é filho de portuguesa, a influência da música e da cultura veio desde muito cedo dentro de casa, seu bisavô antes de vir para o Brasil cantava e tocava guitarra nos fados vadios em Portugal. Sob essa influência e por amor, foi criado o Alma Lusitana, que tem levado o que há de melhor no gênero, do tradicional ao fado moderno. Alana Porto Pereira é a voz do grupo, há 15 anos já envolvida com a cultura e música portuguesa, por influência de sua mãe, também fadista, na juventude, conheceu e aprendeu o fado, tendo já se apresentado com o grupo folclórico da sua cidade duas vezes em Portugal. Querim Zanette, músico experiente no fado e no tradicionalismo gaúcho, no violão, e Maurício Montardo, músico também experiente, tendo trabalhado com vários artistas gaúchos, e há 14 anos no grupo, no teclado, completam o Alma Lusitana.

Natural de Novo Hamburgo, Jairo Klein iniciou sua carreira artística profissional na década de 1980 em Porto Alegre atuando em várias companhias de teatro e trabalhando com diversos diretores do Brasil e do Exterior, em mais de 35 espetáculos, com vários prêmios como ator pelas suas atuações. Também atua com educador social há 10 anos, realizando oficinas no Projeto Cidade Escola da Fundação do Esporte Clube Internacional (FECI) para crianças e jovens da Rede de Ensino Municipal de Porto Alegre. Integra a equipe dos contadores de histórias da Feira do Livro de Porto Alegre. Realiza contações de histórias caracterizadas com outros personagens como Dom Quixote, Soldadinho de Chumbo, Alienista e Van Gogh, em escolas do Rio Grande do Sul, por meio de diversas editoras. Atua, também, como mestre de cerimônias.

Siga o projeto nas redes:

@misturafinamusica

@primeirafilaproducoes

@ovniacessibilidadeuniversal

@theatrosaopedro

Theatro São Pedro