Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Musical Évora | Armonia Fiorentina

  • Data:
  • Foyer Nobre do TSP

O Musical Évora do dia 30 de novembro (quarta-feira) recebe o recital de violino Armonia Fiorentina. O recital ocorre na Foyer Nobre do Theatro São Pedro em apresentação única, às 12h30, com entrada franca. 

O evento respeita todos os protocolos de higiene e distanciamento, com ocupação total de 100 lugares. O Musical Évora tem o patrocínio da Évora Holding Company, realização da Associação Amigos do Theatro São Pedro e produção da Fundação Theatro São Pedro – instituição vinculada à Sedac.

Sobre Armonia Fiorentina

O projeto nasce da paixão dos músicos pela música de época, especialmente do espírito e da linguagem da música barroca. Após terem atuado como professores monitores do Festival de Música de Santa Catarina, dedicado especialmente à música barroca, o grupo mantém suas atividades regulares em Porto Alegre. Márcio Cecconello e Renata Bernardino exploram através desse programa a sonoridade de violinos barrocos da época, com cordas de tripa e acessórios específicos.

O repertório inclui os primeiros grandes compositores violinistas que consolidaram a linguagem idiomática do violino a partir da sua criação, como Dario Castello, Carlo Farina, Bagio Marini até Argcangelo Corelli. Com uma linguagem totalmente única e específica, os instrumentos de época proporcionam uma experiência de ouvir a música da forma como era feita no passado.

Márcio Ceconello Mestre em Performance Musical pela UFMG, graduou-se pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul sob orientação de Fredi Gerling e Hella Frank. Aperfeiçoou-se em Viena com Peter Schuhmayer e nos Estados Unidos na Universidade do Tennessee-Knoxville, sob orientação de Matus Zelmanovich. Integrou algumas das mais importantes orquestras nacionais como a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, e da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, e spalla da Orquestra Sinfonietta Belo Horizonte, Bach Brasil, grupos com os quais também atuou como solista. Atualmente, é diretor artístico da Sphaera Mundi Orquestra, em Porto Alegre –RS.

Renata Bernardino é Bacharel em Música, ênfase em Violino, graduada com láurea acadêmica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS (2015), Renata Bernardino também é Licenciada em Música pelo Centro Universitário Metodista do Sul IPA (2012). Especializada em pedagogia do violino, realizou diversos cursos de pós-graduação no Brasil e no exterior. Membro fundadora da Sociedade Orfeu (Sphaera Mundi Orquestra), além de dirigir a escola de música Centro Suzuki Porto Alegre, atua como violinista em diferentes grupos, dentre eles, a Orquestra Sinfônica de Gramado.

Local

Foyer Nobre do TSP

Classificação indicativa

Livre
Livre

Theatro São Pedro