Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Jean William em "Grandes Temas", com convidada especial, Luiza Possi

  • Data:
  • Palco Principal - Theatro São Pedro

“Grandes Temas por Jean William” é um espetáculo idealizado pelo tenor, um dos expoentes da música erudita brasileira atual, e tem o objetivo de sensibilizar e democratizar o acesso à música clássica. Com apresentações gratuitas e o olhar moderno e descontraído do artista, o repertório revisita temas populares e de orquestra, como Villa-Lobos, Schumann e Giacomo Puccini, de maneira contemporânea, aproximando o público, principalmente jovem, da música erudita. Em Porto Alegre o show acontecerá em única apresentação no Theatro São Pedro, dia 11 de maio, às 21h, com participação da cantora Luiza Possi. A entrada é franca. Os ingressos estão disponíveis até a hora do espetáculo. É possível retirar na hora.

Nove instrumentistas acompanham Jean na apresentação, que já passou por cidades como São Paulo e Belo Horizonte, antes da pandemia. A direção é de Guilherme Leme Garcia, a direção musical de Lourenço Rebetez e a iluminação de Anna Turra. “Começamos a turnê em 2019, mas fomos interrompidos pela pandemia. É uma alegria estar de volta em turnê pelo país. ‘Grandes Temas’ procura aproximar o público da linguagem da música erudita, especificamente da música erudita cantada, que terá uma roupagem diferente e moderna. Elementos do teatro musical como iluminação, cenário e figurino ajudarão a compor essa ideia de espetáculo”, explica o artista, de 36 anos.

Jean William é um fenômeno da música clássica brasileira e já se apresentou em locais como o Lincoln Center, em Nova York; a Ópera de Monte Carlo, em Mônaco, com a presença do príncipe Albert II. Cantou para o Papa Francisco, na Jornada Mundial da Juventude, em 2017, para um público estimado de um milhão de pessoas. Também dividiu o palco com artistas como Fafá de Belém, Sandy, Laura Pausini, além de uma de suas principais referências musicais: Zizi Possi.

Na direção do show, Guilherme Leme, responsável por grandes sucessos de público e crítica como os musicais “Merlin e Arthur – Um sonho de liberdade” e “Romeu e Julieta”, com hits de Marisa Monte, traz elementos do teatro musical para a cena, criando uma atmosfera ainda mais contemporânea, indo de encontro à proposta de um espetáculo moderno de música clássica. “O foco do show é mostrar a diversidade artística do Jean, que navega belamente tanto no universo lírico quanto no contemporâneo. Apresentar as várias e diferentes camadas vocais que um cantor pode e deve utilizar de acordo com a música e interpretação escolhida”, explica o diretor.

“Grandes Temas por Jean William” é viabilizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio de Usina Santo Ângelo, Native e Grupo Moreno e realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Sobre Jean William

A impressionante trajetória e carreira de Jean William - que em breve se tornará livro, pelas mãos do jornalista Elcio Padovez - é uma inspiração para todos que acreditam nos sonhos. Nascido em Sertãozinho e criado pelos avós em Barrinha, perto de Ribeirão Preto, Jean aprendeu violão e acordeão com o avô Joaquim, que era cortador de cana. Aos oito anos, passou a cantar no coral da igreja. Se apaixonou pela música clássica aos dez anos ao ouvir músicas italianas na casa de vizinhos. Ao cantar “Con Te Partirò”, canção que se tornou mundialmente conhecida na voz de Andrea Bocelli, em um festival escolar, Jean encantou uma das ouvintes, Julia Guidi, que o comparou ao tenor Caruso. O então aspirante a tenor mudou-se para Ribeirão Preto, para a casa de Julia, onde pôde ter melhores condições de estudo. Em sua trajetória, foram necessários muito estudo e dedicação: passou em Música na USP Ribeirão Preto e, posteriormente, transferiu-se para São Paulo, formando-se pela ECA-USP.

Foi apresentado ao maestro João Carlos Martins, que se tornou seu orientador em 2009. O jovem, aos 23 anos, sonhava alto, mas não esperava que as realizações estivessem mais perto do que ele imaginava. A partir daí, apresentou-se como solista em palcos como a Sala São Paulo e o Avery Fisher Hall, no Lincoln Center de Nova York, recebendo elogios da crítica. Foi para Milão aprimorar seus estudos em música e teve aulas com importantes nomes do cenário lírico como Davide Rocca, Luciana Serra e Umberto Finazzi.

Com dez anos de carreira, apresentou-se junto a importantes orquestras em palcos nacionais e em países como EUA, Itália, Portugal, Suíça, Canadá, Argentina, Índia e Emirados Árabes. Em 2013, cantou para o Papa Francisco e uma multidão estimada em mais de um milhão de peregrinos na Jornada Mundial da Juventude. Mesmo tendo forte influência de óperas italianas, Jean passeia também pelo popular e o melhor exemplo disso é o disco “Dois Atos” (2014), cujo repertório contemplou obras eruditas e composições populares. O trabalho contou com a participação de nomes como Monica Salmaso, Nelson Ayres, André Mehmari e Fafá de Belém. Cantou também com grandes nomes como Laura Pausini, Simone, Jaques Morelenbaum, Sandy, Renato Braz e Fabiana Cozza.

 

Ficha técnica:

Idealização e voz: Jean William

Direção: Guilherme Leme Garcia

Direção musical: Lourenço Rebetez

Instrumentistas: Samuel Pompeo (sopro, saxofone e flauta), Lucas Farias (violino), Wesley Barretto (piano), Carol Duarte (violino), Guilherme Bomfim (viola), Thais Duarte (violoncelo), Rogério Alves (percussão), Alex Dias (contrabaixo acústico) e Marcos Papa (violão).

Figurino: João Pimenta

Iluminação: Anna Turra

Produção: Alessandra Trindade

Produção Executiva: Sílvia Rezende

Ingressos gratuitos (distribuição a partir do dia 6 de maio na recepção do Multipalco, das 13h30 às 18h - exceto sábado e domingo).

Recomenda-se o uso de máscaras dentro das dependências do Theatro São Pedro.

Local

Palco Principal - Theatro São Pedro

Classificação indicativa

Livre
Livre

Theatro São Pedro